Capital do vôlei: Brasília recebe finais da Superliga feminina e Circuito Brasileiro de vôlei de praia adulto e sub-19

Publicado em: 25 DE ABRIL

Capital do vôlei: Brasília recebe finais da Superliga feminina e Circuito Brasileiro de vôlei de praia adulto e sub-19
Brasília recebe final da Superliga feminina e Circuito Brasileiro nesta semana (Créditos: William Lucas/Inovafoto/CBV)


Brasília (DF) virou a capital brasileira do vôlei nesta semana. Sede das finais da Superliga feminina, a cidade recebe também a quarta etapa do Circuito Brasileiro de vôlei de praia 2022, a partir de quarta-feira, e a primeira etapa do Circuito Brasileiro sub-19, ambas na arena montada no Parque da Cidade. E ainda vem mais voleibol por aí nos próximos meses, com as etapas brasileiras da Liga das Nações e amistosos da seleção.

“Brasília tem uma importância fundamental para o vôlei, uma grande identificação com o esporte. Esta semana, teremos na cidade as mais importantes competições nacionais, de quadra e de praia, com estrutura para permitir uma grande experiência para torcedores, atletas e parceiros. E também uma etapa do sub-19 de vôlei de praia, com jovens talentos do esporte nacional. Brasília sempre recebe o vôlei muito bem. Na semana passada, já tivemos uma experiência fantástica no primeiro jogo da final da Superliga feminina”, explica Marcelo Hargreaves, diretor da Superliga e de Novos Negócios da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

A festa do vôlei em Brasília começou na sexta-feira, com vitória do Itambé/Minas (MG) sobre o Dentil/Praia Clube (MG) por 3 sets a 1 (25/18, 25/22, 22/25 e 25/22). E novamente a Arena BRB Nilson Nelson será palco do segundo jogo da melhor de três, que pode definir o campeão da temporada, nesta sexta-feira, às 21h, com transmissão do sportv 2, do Canal Vôlei Brasil e da Twitch, no canal http://twitch.tv/nahzinhaa. Em quadra, medalhistas olímpicas como Carol e Walewska, do Dentil/Praia Clube; e Thaísa, Macris e Carol Gattaz, do Itambé/Minas (MG)   

Medalhistas olímpicos também marcam presença na quarta etapa do Circuito Brasileiro, que começa nesta quarta-feira, às 7h30, com o torneio qualifying do Aberto. Bruno Schmidt, campeão olímpico nos Jogos Rio-2016, e Bárbara Seixas, prata no mesmo evento, são dois dos mais de 100 atletas inscritos na competição.

“Brasília é uma praça muito tradicional do vôlei de praia fora da praia. É uma cidade que tem uma relação muito boa com o vôlei e é muito bom poder trazer uma etapa do Circuito Brasileiro com todas as novidades que foram implementadas este ano”, destacou Guilherme Marques, gerente de vôlei de praia da CBV.

No novo formato, o Circuito Brasileiro é dividido em duas competições por etapa. O Aberto reúne as duplas entre o 8º e o 13º lugar no ranking, além de dois convidados e até oito parcerias classificadas pelo qualifying. Já o Top 8 será disputado pelas sete duplas mais bem ranqueadas, além de um convidado especial: o campeão do Aberto anterior, que ganha o wild card como bônus pela performance – na etapa de Brasília, as duplas Pedro Solberg/Arthur Lanci e Taiana/Hegê ficaram com as vagas pelas medalhas de ouro conquistadas em Itapema (SC). Já os vencedores de cada etapa Top 8 recebem da CBV o custeio de passagem, hospedagem, transporte e alimentação para uma etapa do Circuito Mundial. As finais do Aberto, no sábado, e as decisões do Top 8, no domingo, serão transmitidas pelos canais sportv, pelo Vôlei de Praia TV e pelo Facebook da CBV. A entrada na arena montada no Parque da Cidade é gratuita.

Além de atletas consagrados, Brasília recebe também novas promessas do vôlei nacional. No domingo, também na arena do Parque da Cidade, começa a primeira etapa sub-19. Medalhistas de prata no Circuito Sul-Americano sub-19 no início do mês, em Assunção, Julhia, Dudu e Lucas Elbert disputam a competição.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Banco do Brasil

PATROCINADOR OFICIAL

Parceiros Oficiais