Wagão assume a seleção feminina sub-20

Publicado em: 27 DE JANEIRO

Wagão assume a seleção feminina sub-20
Wagão é o novo comandante da seleção sub-20 (Créditos: Divulgação/COB )

Novidade na base feminina para a temporada 2022. Campeão dos Jogos Pan-Americanos Júnior sub-23, Wagner Coppini, o Wagão, assume a seleção sub-20. Hylmer Dias continua à frente da sub-18, que comanda desde 2019. As duas equipes têm o Sul-Americano, competição classificatória para o Mundial de 2023, como principal desafio deste ano. O sub-20 acontece entre 17 e 21 de agosto, em Cajamarca, no Peru. Já o sub-18 vai ser realizado entre sete e 11 de setembro, em Cochabamba, na Bolívia.

“Essas gerações têm enfrentado desafios diferentes e vai ser muito importante contar com o Wagão, por toda sua experiência na base e no adulto. O Hylmer tem feito um bom trabalho na sub-18, como a conquista da medalha de bronze no Mundial de 2019, em seu primeiro ano. O equilíbrio entre busca por resultados e formação de novos talentos é um dos aspectos mais importantes na base. Confiamos na qualidade e na liderança deles com os atletas”, analisou Júlia Silva, gerente de quadra da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV).

Wagão chega para comandar a seleção sub-20 motivado pela conquista dos Jogos Pan-Americanos Júnior, em dezembro. O treinador também foi auxiliar técnico do tricampeão olímpico José Roberto Guimarães nos Jogos de Tóquio, em 2021. Ele tem passagens por equipes tradicionais do voleibol brasileiro como o Pinheiros (SP) e o Barueri Volleyball Club (SP).

“Fico horado pelo convite da CBV. É uma responsabilidade grande comandar uma geração muito talentosa e promissora. Quero ajudar essas jogadoras na transição da base para o adulto e que isso aconteça da melhor forma possível. O alinhamento da metodologia de trabalho entre a base e o adulto é fundamental. Podemos evoluir tecnicamente e taticamente. A expectativa é a melhor possível”, disse Wagão.

Com 44 anos, Hylmer Dias vai para a sua quarta temporada no comando da seleção sub-18. Nesse período, ele conseguiu resultados importantes como a medalha de bronze no Mundial de 2019.

“O sentimento é de muita felicidade pela confiança da CBV. É uma grande oportunidade seguir no comando da seleção sub-18 que é uma porta de entrada para todo o universo das seleções. Estou muito motivado e interessado para seguir nesse trabalho de formação que é tão importante para o nosso voleibol”, afirmou Hylmer.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro 


Banco do Brasil

PATROCINADOR OFICIAL

Parceiros Oficiais