CBV traz Guilherme Marques para comandar o vôlei de praia

Publicado em: 27 DE AGOSTO

CBV traz Guilherme Marques para comandar o vôlei de praia
Guilherme Marques assume o vôlei de praia na próxima segunda-feira (Créditos: Divulgação/CBV)

A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) anuncia a chegada de mais um atleta ao seu quadro de colaboradores. O campeão mundial e medalhista olímpico em Barcelona, quando a modalidade entrou como exibição, Guilherme Marques, chega para ficar à frente do vôlei de praia a partir da próxima segunda-feira (30.08). Guilherme estará substituindo Virgílio Pires, que assume a Superintendência de Relações Institucionais.

A mudança interna faz parte de um planejamento estratégico que vem sendo traçado desde que Adriana Behar, também atleta com títulos mundiais e medalhas olímpicas, assumiu o cargo de CEO da CBV a convite do presidente Walter Pitombo Laranjeiras, o Toroca. Todos ficaram satisfeitos com a troca, que vem sendo encarada como um desafio extremamente positivo.

“Qualquer cargo de gestão esportiva é um desafio. Seja em confederações menores, que estão buscando trilhar um caminho de sucesso, ou em outras mais estabelecidas, como a de vôlei, que apresenta outros desafios. Fiquei super lisonjeado com o convite do Radamés Lattari (vice-presidente da CBV), Virgilio e Adriana, e estou muito feliz por voltar a trabalhar e implementar tudo que aprendi no esporte que eu amo e que me deu tudo”, disse Guilherme.

Guilherme já trabalhou na CBV, entre 2001 e 2006, também na unidade de vôlei de praia e ainda teve passagens pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos, em 2016, e chega após um período de pouco mais de cinco anos no Comitê Olímpico do Brasil (COB).

“Fiquei muito feliz porque o COB entendeu essa minha ida para a CBV como mais uma forma de colaborar com a Confederação, dividindo expertise. Já atuei na casa, na época como responsável pelo Circuito Brasileiro, mas agora vai ser de uma forma mais profunda e tenho certeza de que vou contar com a colaboração dos colegas, dos meus amigos que foram atletas e de todos da CBV”, destacou Guilherme.

Virgílio Pires, que passa o bastão a Guilherme, também está entusiasmado para a nova função. “Estamos passando por algumas restruturações internas e dentro delas foi interessante que eu saísse um pouco do operacional para trabalhar no relacionamento institucional. O objetivo é o fortalecimento do trabalho com as federações e do vôlei em todo o território nacional e nas relações com autoridades governamentais em geral, inclusive para que possamos trazer os estados e municípios a apoiarem nossos eventos em suas cidades e municípios. Aceitei este desafio de ir para essa nova área, que, entendo, será de grande importância para o desenvolvimento do nosso vôlei”, disse Virgílio.

Virgìlio fez questão de elogiar o futuro colega. “E o Guilherme é uma pessoa que, além do conhecimento técnico de atleta vencedor que foi, tem toda a capacidade profissional e uma vasta experiência. Chega para contribuir com a evolução do vôlei de praia. Fico muito feliz com a vinda do Guilherme e também pela Adriana achar que eu posso desenvolver esse novo projeto na área institucional”, concluiu Virgílio Pires.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Banco do Brasil

PATROCINADOR OFICIAL

Parceiros Oficiais