CBV realiza primeira Assembleia Geral Ordinária totalmente virtual

Publicado em: 05/05/2020 13:00

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 05.05.2020

A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) realizou na última semana, no dia 29 de abril, a primeira Assembleia Geral Ordinária (AGO) totalmente virtual, contando com a presença de 51 participantes, inclusive com o presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Paulo Wanderley Teixeira. A medida foi tomada em função da pandemia global da COVID-19, respeitando as medidas de isolamento social.

A AGO contou com cinco pautas principais. A primeira, dar conhecimento do relatório do Presidente, relativo às atividades administrativas da entidade no exercício de 2019. O balanço patrimonial e as demonstrações financeiras do exercício de 2019, foram apreciadas, discutidas e votadas, bem como dos respectivos pareceres do Conselho Fiscal e da Auditoria.

Ainda durante a AGO, também foi apresentado o orçamento anual aprovado pelo Conselho Fiscal e pelo Conselho de Administração, além da apreciação, discussão e votação do regimento interno das Assembleias, e submeter projeto de contratação para aprovação.

Além da presença do presidente do COB, Paulo Wanderley Teixeira, também participaram como convidados Carlos Antônio Rios, conselheiro financeiro da CBV, Carlos Luiz Barroso, presidente da comissão executiva dos Campeonatos Brasileiros de Seleções de Quadra (CECBSQ), George Kuroki, presidente da Comissão Brasileira de Arbitragem de Voleibol (COBRAV), e Paulo Augusto Ferreira Bouças, gerente executivo da Diretoria de Marketing e Comunicação do Banco do Brasil.

Participaram como membros votantes os representantes das Federações Estaduais, além do presidente e vice-presidente da Comissão de Atletas de Voleibol de Praia, Emanuel Rego e Harley Marques, respectivamente, e o presidente e a vice-presidente da Comissão de Atletas de Voleibol de Quadra, Raphael Oliveira e Amanda Campos, respectivamente.

A AGO também registrou elogios do presidente do COB à atuação da entidade no desenvolvimento do voleibol, destacando a excelente pontuação obtida pela CBV no programa de Gestão de Ética e Transparência – GET do COB. Em seguida, foi passada a palavra ao sr. Paulo Bouças, que destacou a parceria entre o Banco do Brasil e a CBV ao longo desses 30 anos, fomentando o voleibol no país.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Parceiros Oficiais