União entre voleibol e meio ambiente promoverá limpeza na Praia do Leme

Publicado em: 17/06/2019 18:08

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) – 17.06.2019

O voleibol e a preocupação com o meio ambiente estarão juntos em uma ação do projeto Viva Vôlei nesta terça-feira (18.06), com alunos do núcleo VivaVôlei Your Way – Leme, no Rio de Janeiro (RJ). Os jovens participarão de uma gincana onde o objetivo será recolher o máximo de plástico e papel das areias da Praia do Leme, na zona Sul da cidade.

A iniciativa começou no dia 8 deste mês, quando foi comemorado o dia Mundial dos Oceanos. Os estudantes da Escola Municipal São Thomas de Aquino, parceira do projeto – os estudantes do colégio participam do VivaVôlei – tiveram aulas, palestras e assistiram vídeos sobre a importância da preservação das nossas praias. Com isso, foi criada a gincana.

As turmas foram divididas em dois grupos (branco e vermelho), com o objetivo de recolherem o maior número de plástico e papel de parte das areias da Praia do Leme, sob supervisão dos coordenadores e professores. O material recolhido será separado em sacos e entregue à Comlurb (Companhia Municipal de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro) para ser reciclado.

Marcos Aurélio gerente de Projetos e Responsabilidade Social da CBV (Confederação Brasileira de Voleibol), comentou a importância da ação na criação de uma permanente preocupação com o meio ambiente nos jovens que participam do programa.

“Essa iniciativa está sendo capaz de unir diversas ações de conscientização de forma bem divertida e interessante para as crianças. Pensamos nos detalhes que fizessem as crianças refletirem o quanto elas são parte nesse processo, onde um chiclete, uma garrafa PET e um saco plástico juntos levam centenas de anos para desintegrar nos oceanos”, disse.

Além da gincana, uma lixeira de coleta seletiva será doada para a Escola Municipal, reforçando a necessidade do descarte correto de material reciclável junto aos alunos. A equipe que coletar a maior quantidade de lixo será declarada a vencedora e receberá camisetas do evento, além de outros brindes.

Os jovens também irão participar de partidas de mini vôlei na rede doada pelo projeto Ghost Fishing - fundação que transforma redes de pesca abandonadas nos oceanos em redes de vôlei para uso das comunidades locais ao redor do mundo.

Programação de inclusão esportiva e social, o VivaVôlei oferece aulas de ‘mini-vôlei’ às crianças. Toda estrutura - tamanho da quadra, redes, bola etc - é adaptada para a faixa etária de 7 a 14 anos. As atividades têm duração de 60 minutos, onde meninos e meninas compartilham o mesmo espaço. Criado em 1999, o Instituto VivaVôlei, qualificado como OSCIP-Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, tem como objetivo utilizar o esporte para sociabilizar crianças. 

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Parceiros Oficiais