CBV e patrocinadores se reúnem para planejamento de 2019

Publicado em: 28/11/2018 13:38

Representantes da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e de alguns de seus principais patrocinadores, Banco do Brasil, Cimed, Asics, Delta, Gol e Tudus, se reuniram nesta quarta-feira (28.11), na sede da Cimed, em São Paulo (SP), para discussão de novas ações de marketing a serem implementadas em conjunto e planejamento dos eventos de 2019. Na ocasião, foram apresentados o calendário e as ações de governança realizadas em 2018, demonstrando o desenvolvimento do nível de maturidade da gestão da governança da entidade.

Pela CBV, estiveram presentes a Gerente de Marketing, Flavia Cattapan, os colaboradores da Unidade de Atendimento ao Patrocinador (UAP), Marcelle Jannuzzi e Daniel Pimenta, e a Especialista de Governança e Planejamento, Thamiris Iack.

Entre os parceiros, a CBV contou com a presença de Gissane Lima Alves e Bruna Ferraz, do Banco do Brasil; Marcelo Vanzelotti e Alexis Martin, da Cimed; Hallia Makanse e Julia Faria, da Delta; Vinicius Favaro, da Gol; Luiz Felipe Falcão e Jorge Reis, da Tudus, e Gustavo Petry, da Asics.

“Tivemos a iniciativa de reunir nossos principais patrocinadores com o objetivo de pensarmos no planejamento dos eventos de 2019 com ideias, ações e ativações que pudessem ser realizadas de forma conjunta e oferecessem uma melhor entrega dos eventos, tanto para as marcas quanto para propiciar uma melhor experiência do público. Temos certeza que essa reunião foi muito produtiva. Certamente esta será a primeira de muitas. Temos muitas ideias e muito trabalho pela frente”, disse Flavia Cattapan.

Pelo Banco do Brasil, Delano Valentin, Gerente Executivo do Marketing Esportivo, também elogiou a iniciativa. “Oportunidade única de contribuir para o desenvolvimento do vôlei e melhorar a experiência do público. Momento ideal para unir esforços, otimizar ações e torná-las mais eficientes. Atendendo, assim, necessidades de todos os envolvidos”, afirmou.

Um dos mais entusiasmados com a oportunidade foi Vanzelotti. “Este foi um encontro de ‘construção’ muito importante para aproximar as empresas em prol do vôlei. Foi muito positivo conhecermos o sistema de governança da CBV e identificar pontos de melhoria e ações em conjunto. Foi o primeiro e bons frutos serão colhidos a partir dessa união de esforços. Precisamos aproveitar que o vôlei brasileiro é referência no esporte e todos os parceiros são referências em suas áreas”, disse Vanzelotti.

Gustavo Petry, da Asics, destacou a importância da união de todos para o desenvolvimento cada vez maior da modalidade. "Acredito que esse alinhamento entre os patrocinadores do voleibol brasileiro é fundamental para crescer a modalidade. Não só em resultados, mas na experiência que o esporte gera aos fãs. Poder entender desde já o calendário de 2019 e verificar oportunidades de ativação em conjunto das marcas com a confederação é fundamental para um bom planejamento", concluiu.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Parceiros Oficiais