Em Maringá, presidente da FPV participa do lançamento do Centro de Desenvolvimento do Vôlei

Publicado em: 01/09/2017 15:59

De Curitiba (PR), Thiago Paes

O presidente da Federação Paranaense de Voleibol (FPV) Neuri Barbieri participou do lançamento do Centro de Desenvolvimento do Vôlei de Maringá. O evento aconteceu no Paço Municipal da cidade, e reuniu além do vice-presidente, Jandrey Vicentin, e do diretor de vôlei de praia da FPV, Robson Xavier, demais autoridades locais.

Durante a apresentação oficial, a Prefeitura de Maringá assinou a cessão de uso de um terreno de 17.909 metros quadrados, localizado no Jardim Cidade Monções, próximo ao Country Club. Além do centro de treinamento, o local ainda vai receber o Museu do Vôlei.

“Esta é uma grande conquista do voleibol paranaense. Estou muito feliz por fazer parte desta história. Maringá é uma grande referência nacional. Por aqui passaram vários ídolos do voleibol brasileiro e também estão sendo formadas futuras promessas. Falando especificamente do vôlei de praia, hoje somos um dos grandes formadores do Brasil. Isso graças a esse trabalho que acontecem aqui em Maringá. E esse Centro de Desenvolvimento chega para auxiliar e melhorar ainda mais esse processo”, destacou o presidente da FPV, Neuri Barbieri.

O complexo será composto por cinco quadras de vôlei de praia, um ginásio, academia, sala de fisioterapia e para recuperação de atletas, e auditório para cerca de 150 pessoas. Também está prevista a construção da Casa do Atleta, com alojamento, lavanderia, cozinha e toda infraestrutura necessária para acolher os esportistas.

“Toda comunidade de Maringá e região será atendida. Será um marco em nossa cidade. Prevemos a participação de 150 atletas, além da vinda de atletas estrangeiros e do País todo para preparação física e técnica. Teremos, ainda, ações interativas com envolvimento de toda a população. Assim como o esporte, o turismo e o comércio serão beneficiados”, analisou o diretor de vôlei de praia da FPV, Robson Xavier, que também dirige a Associação Maringaense de Vôlei de Praia (AMVP).

As obras serão divididas em etapas. A primeira delas compreende, por exemplo, a construção de quadras de areia, alojamento e lavanderia, assim como a terraplanagem e cercamento do terreno que receberá a obra.

A iniciativa tem envolvimento da Prefeitura Municipal de Maringá, Federação Paranaense de Voleibol (FPV), Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), Associação Maringaense de Vôlei de Praia (AMVP) e Maringá e Região Convention & Visitors Bureau.

Fonte: Fábio Castaldelli, www.temesporte.com.br

Assessoria de imprensa FPV
[email protected]
www.voleiparana.com.br
www.flickr.com/voleiparana


Parceiros Oficiais